Sexta-feira, 9 de Fevereiro de 2007

Biografia

Biografia breve de Lídia Jorge

Caricatura de Lídia Jorge por VascoLídia Guerreiro Jorge, considerada hoje em dia como uma das romancistas de maior sucesso na literatura portuguesa contemporânea, nasceu em Boliqueime, no Algarve, a 18 de Junho de 1946.
Durante a infância viveu sempre na sua aldeia, rodeada de figuras femininas estando o seu pai ausente por largos períodos de tempo.
As memórias, o clima e o ambiente do Algarve rural viriam a marcar, de forma significativa, o universo ficcional desta autora. O conto A Instrumentalina é um regresso a estes tempos e estes espaços da sua infância.
Em 1965, matriculou-se na Faculdade de Letras de Lisboa, onde concluiu o curso de Filologia Românica.
Foi professora do ensino secundário, em Lisboa e em Tomar.
Seguiram-se duas estadias em África, primeiro em Angola, entre 1969 e 1970, e mais tarde em Moçambique, entre 1972 e 1974, antes de se estabelecer definitivamente na capital.
No intervalo desta experiência africana, passa ainda dois anos como professora na Esc. Sec. Santa Maria do Olival, em Tomar (a nossa escola!).
O marcante ambiente da Guerra Colonial, que vivenciou será descrito mais tarde no romance A Costa dos Murmúrios, através do olhar e perspectiva de uma personagem feminina, a mulher de um oficial do exército português a prestar serviço em Moçambique.
Regressada a Lisboa continuou a actividade docente e foi professora convidada da Faculdade de Letras de Lisboa, actividade que interrompeu para desempenhar funções na Alta Autoridade para a Comunicação Social, entre 1990 e 1994.
 Em 1979, Virgílio Ferreira aconselhou o seu romance O Dia dos Prodígios para publicação. Publicado em 1980, O Dia dos Prodígios, valeu-lhe o Prémio Ricardo Malheiros, da Academia das Ciências de Lisboa.
Este romance constrói-se como uma alegoria ao país fechado e parado que Portugal era sob o regime anterior à revolução de Abril de 1974.
Os seus livros têm-lhe merecido variadíssimos prémios e estão traduzidos para diversas línguas.
 

Biografia baseada e adaptada de:
http://www.mulheres-ps20.ipp.pt/Lidia-Jorge.htm
http://pt.wikipedia.org/wiki/L%C3%ADdia_Jorge

Publicado por Marta às 18:43

Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Navegação

 

Equipa
Equipa
Equipa
A obra
Button5
Button6

Pesquisar neste blog

 

Maio 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Arquivos

Maio 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Artigos recentes

Menção Honrosa - Santarém...

Finalmente...

O Simbolismo

Tradução do artigo da Ana...

Artigo de Ana Paula Ferre...

Cláudia Pazos Alonso fala...

Sinónimos de "bicicleta"

Nomes de bicicletas

Tarefas da 4ª semana

O Espaço

Contactos

Se:
gostou...
não gostou...
leu...
lhe foi útil...
acha incompleto...
quer colaborar...
encontrou erros...

Ou se apenas:
nos quer dar o aconchego
de uma palavra...


Mande-nos um mail
cliquando AQUI.

Ou para os endereços:
ana_lucia_o@sapo.pt
marta_21_marques7@sapo.pt
adriana_maria_5@sapo.pt
caetana_scp@sapo.pt
mfscorreia@sapo.pt
e já agora
jpvasc@sapo.pt

tags

lídia jorge(18)

bibliografia(17)

obra(16)

obras(11)

instrumentalina(10)

livros(10)

personagens(8)

biografia(7)

7a(6)

marta(5)

take5(5)

entrevista(4)

mulheres(3)

aldeia(2)

ana lúcia(2)

ana paula ferreira(2)

autora(2)

avô(2)

casa(2)

espaço(2)

todas as tags

Links

Não se atrase

Visitantes

"Instrumentalinas"

www.flickr.com
Mais fotografias de "instrumentalinas" no Flickr

Inquérito 1

Participar

Participe neste blog

Mais sobre nós

blogs SAPO

Notícias

subscrever feeds